A História do curso Portella Idiomas

Na época em que era aluno do Colégio Estadual do Paraná, Diocezar Portella iniciou seus estudos de língua inglesa com um professor particular. Já de início apaixonou-se pelo estudo da língua e continuou estudando com esse professor durante 10 meses. Após o curso com o professor, ingressou num curso regular de inglês, já sendo admitido no 4º ano, sendo que no ano seguinte foi agraciado com um prêmio, tendo tirado o 1º lugar.

Como achava que a velocidade da aprendizagem nessa escola era muito lenta, parou seus estudo ali e prosseguiu auto-didaticamente. Iniciou o curso de Letras já então falando a língua inglesa, apenas com o objetivo de tirar o diploma de curso superior. Ao mesmo tempo em que fazia Letras, estudava sozinho outras línguas e simultaneamente aperfeiçoava o método enquanto dava aulas particulares. Esteve em outras escolas, onde também recebeu prêmios de 1º lugar.

Tentou o Instituto Rio Branco, no Rio de Janeiro, para iniciar a Carreira Diplomática, não tendo na ocasião logrado êxito. Como não dispunha de tanto tempo para perseverar no objetivo da Diplomacia, dedicou-se a ensinar línguas estrangeiras, dando aulas particulares ao mesmo tempo em que desenvolvia a metodologia que hoje existe.

Percebendo a necessidade de agrupar os alunos para os quais ensinava, em aulas particulares em sua própria residência, e observando que o volume de interessados no aprendizado de outros idiomas era crescente, em 1985 fundou o Curso Portella de Idiomas, hoje localizado à Rua Comendador Macedo, 555, próximo à Rua Ubaldino do Amaral.

A estrutura da escola é composta por salas, com cabines individuais, onde o atendimento ao aluno é feito de maneira personalizada, similar às aulas particulares do princípio. Na sala de conversação, são ministradas aulas exclusivas da escola para agilizar a capacidade de compreensão auditiva (Listening Comprehension) dos alunos.

Graduado no curso de Letras pela Universidade Federal do Paraná e com formação em várias outras línguas, por diversos cursos que frequentou, Portella concluiu, após observar múltiplas técnicas de ensino, que para falar uma língua é necessário escrevê-la, e como consequência natural, a fala será tão segura quanto a escrita, desenvolvendo-se um conhecimento correto, fluente e seguro. Esse método é a maneira mais eficiente de aprendizado: objetiva e rápida, oferecendo uma fixação excepcional.

Professor Diocezar Portella

Professor Diocezar Portella

Criador do método Portella Idiomas
  • "Por motivos profissionais, procurei o Curso Portella para ter um aprendizado rápido de inglês. Consegui em poucos dias, ter base e desenvolvimento para me comunicar em inglês. Já recomendei e recomendo o curso às pessoas que tenham necessidade de aprender idiomas de forma rápida e eficiente."

    Joselito R. Hencotte - Farmacêutico Industrial, funcionário da Canova do Brasil, atuando em Botswana - África do Sul e Índia

  • “Antes de fazer o Curso Portella, eu não sabia que não sabia nada de inglês e italiano. Eu achava que sabia o suficiente e vi que não sabia nada. Agora eu estou muito melhor no inglês e no italiano. Obrigado Portella Idiomas.”

    Anderson Alan Bolis - Estudante

  • "Fiz inglês durante 01 ano em outra instituição de ensino. Paguei um valor alto e não tive nenhum sucesso nas provas de suficiência de inglês para o Mestrado em Educação Física. Resolvi, a partir de indicações, procurar o Portella Idiomas. Apesar do custo, o aprendizado é muito superior a outras instituições. Com apenas 20 horas, passei no exame de inglês para o Mestrado em Educação Física."

    Celso Luiz Moletta Jr. - Coordenador de Educação Física do Colégio Martinus

  • "Meu marido já tinha estudado italiano aqui no Curso Portella de Idiomas e me indicou. Meu inglês era muito ruim a despeito de eu já ter estudado em 02 escolas. Hoje, após 03 HORAS de curso, A DIFERENÇA FOI MUITO GRANDE. Estou muito feliz com o resultado."

    Caroline Schelbauer - Publicitária

     

  • "Incrível. Eu não sabia nem o que era "you" em inglês. Meu inglês era "nulo". Em 30 minutos de aula experimental, a diferença foi "BRUTAL". Eu odiava o inglês e por isso tinha muita dificuldade em aprender. Sou aluna do Curso Portella de Idiomas e ESTOU IMPRESSIONADA COM O RESULTADO!"

    Pollyana Puntel Tach - Estudante

  • "Estou muito feliz porque ter passado no TOEFL. Meu inglês era fraco e eu precisava fazer o exame de suficiência para o Toefl. Me matriculei no Curso Portella de Idiomas e senti uma grande diferença já na aula experimental. O que eu precisava para ir para os Estados Unidos, eu consegui."

    Isabela Friebe Zaramella - Estudante

  • "Eu estudava na CWB, curso para formação de comissários de voo, quando o professor Portella esteve fazendo divulgação na minha sala de aula. Eu achei que era mentira, pois ele afirmou que em 30 horas a diferença já seria muito grande. Na sequência, colegas de turma me falaram sobre o curso, e muito bem. Fiz uma aula experimental e percebi que meu inglês estava horrível. Foi muito boa a aula. Hoje, já matriculado, com 26 horas, nossa, estou adorando! Nunca achei que conseguiria falar inglês em tão pouco tempo. Já estou recomendando o curso e a próxima língua que vou estudar aqui será o italiano."

    Michael Ferrari - Futuro comissário de voo

  • “Fiz uma aula experimental de francês e achei totalmente diferente e que oferecia resultado satisfatório, aí me matriculei no italiano, inglês e agora no francês. Antes de começar no Portella Idiomas, o meu inglês era muito ruim. Hoje, após 73 horas de inglês, fiz um exame de suficiência para ingresso numa universidade no Canadá e para minha alegria e espanto, fui aprovada com a nota 85. Sempre indico o Portella Idiomas para todos virem estudar aqui, O MÉTODO É FANTÁSTICO. Tenho certeza de que se eu não tivesse estudado aqui, nunca teria passado nessa prova.”

    Isabella Rocha - Estudante de Direito na Pontifícia Universidade Católica do Paraná

  • “Antes meu português não era muito bom, mas agora tem melhorado muito. O método utilizado pela escola de Idiomas Portella é cinco estrelas. Levo estudando 27.30 h e estou muito contente. Obrigada.”

    Gladys de Varon - Colombiana, missionária religiosa, estudante de português

  • “Estou me matriculando após a aula experimental. Nossa, eu adorei, meu inglês antes de fazer esta aula era “ZERO”, a diferença foi incrível.”

    Maiara Christo - Comissária de voo